5 de agosto de 2019

A era do Compliance

A era do Compliance

De nomenclatura contemporânea, o chamado “compliance” vem se destacando no dia a dia das empresas e dos escritórios de advocacia. Isso se deve ao notório cenário de combate à corrupção que  o  país tem vivenciado nos últimos anos, em razão dos escândalos relativos à lavagem de dinheiro, refletindo diretamente na ética institucional do mercado brasileiro como um todo.

Desta forma, torna-se necessário a conformidade das empresas e escritórios de advocacia com as novas normas de políticas transparentes, afim de minimizar riscos na prestação de serviços e evitar prejuízos aos seus clientes.

Mais do que necessário, tornou-se uma exigência a execução de um sistema anticorrupção em empresas e escritórios através de avaliação de riscos, revisão de contratos, assessoria em processos, auditorias, palestras e prática de programas que visam à ética e à integridade.

Em suma, embora ainda não seja de cunho obrigatório, a implementação da cultura compliance no meio corporativo é de extrema importância de modo que as áreas críticas são identificadas pelo programa e, por consequência, dão início às diretrizes para a efetivação de normas de transparência e ética suficientes para dirimir prejuízos aos clientes, mantendo a imagem corporativa  devidamente  íntegra  com  aumento  do nível de confiabilidade.

 

Artigo por Samantha Noorduin, Escritório Borges de Liz e Advogados Associados.

Posts recentes

Publicações